📍 Locais veganos e vegetarianos em São Paulo


Encontrar destinos veganos ou vegetarianos nem sempre é uma tarefa simples na agitada São Paulo. Na correria do dia-a-dia podemos acabar em local que não tem nada além de arroz, feijão, pão e batata para servir a quem não como nada de origem animal. Há vários roteiros gastronômicos e de serviços pela Internet e redes sociais, mas eles podem ficar desatualizados e frustrar um passeio e te deixarem na mão – especialmente em tempos de crise -, ou melhor, de mão vazias. Nesse sentido, o Maps pode nos dar uma forcinha por ser mais dinâmico!

O Saber Animal, então, preparou uma lista pública com quase 90 destinos que são, no mínimo, vegetarianos. Restaurantes, lanchonetes, empórios e até salões de beleza que vendem produtos e serviços sem ou quase totalmente livres de origem animal estão nesse rol. Preferiríamos indicar destinos exclusivamente veganos, mas eles, infelizmente, ainda não são a maioria… Quem sabe um dia essa situação não mude?

😋 Clique aqui para acessar a lista com os destinos veganos e vegetarianos em São Paulo.

Ao clicar no link acima, você será direcionado para a página com a lista. Sugerimos o uso do aplicativo Maps. Para isso ele precisa estar instalado no seu smartphone ou tablet: iOS ou Android. No aplicativo é possível favoritar os locais, escrever comentários, avaliar, incluir fotos e compartilhar! Os locais mais próximos aparecerão para você conforme a sua localização atual.

Visualização da primeira tela e de um local escolhido no smartphone.

Não vistamos todos os locais indicados, portanto não endossamos ou validamos os estabelecimentos e não fomos convidados por nenhum deles e tampouco somos seus sócios. Apenas frequentamos alguns desses locais. Também não distribuímos um selo de qualidade! A ideia não é avaliá-los individualmente, pois todos eles contam com avaliação na própria plataforma de diversas pessoas que os visitaram em diferentes momentos. Cada frequentador deve considerar as suas próprias necessidades e preferências na hora de decidir se vai ou não a algum deles. Também não podemos avaliar quais fornecedores essas empresas usam: seria perfeito se elas não usassem produtos da Sadia ou Seara, para ficarmos em apenas dois exemplos de empresas que possuem matadouros de animais.

E tomamos a liberdade de não incluir empresas que possuem a famigerada opção vegana/vegetariana. Se adotássemos tal critério, um local como o Burguer King, para ficarmos em apenas uma rede de fast-food, estaria apto a entrar na lista, mesmo sendo uma empresa que tem como sua maior fonte de lucro a exploração animal. Se o estabelecimento vende pedaços de animais mortos ao mesmo tempo em que vende determinados produtos veganos/vegetarianos, ele está fora da lista.

Em resumo, eis os critérios das indicações:

– Ser, no mínimo, um estabelecimento vegetariano;

– Não ser um local que vende carnes com opções vegetarianas/veganas no cardápio (Burguer King, Prime Dog etc);

РAtende os clientes no local e ṇo apenas por delivery;

РTer avalia̵̤es no Maps; e

РEstar na cidade de Ṣo Paulo e sua regịo metropolitana.

Ao montar a lista pudemos perceber o quão pouco inventivo e criativo é o empresariado brasileiro, que geralmente aposta nos mesmos tipos de restaurante e serviços vendendo produtos que usam carnes, leite, ovos, frutos-do-mar, couro etc. Faltam locais, especialmente nos municípios que formam a Grande São Paulo, que tenham uma diversidade maior de pratos e serviços veganos e vegetarianos. Há, indubitavelmente, um potencial gigantesco em atender essa demanda (que existe e que também pode ser criada) gerando milhões de empregos e, simultaneamente, poupando os animais dessa nossa dependência constante por suas vidas. De quebra, o meio ambiente também sairia beneficiado.

Visualização no tablet.

Caso haja ausências notáveis, deixe nos comentários que vamos analisar e atualizar a lista sempre que for o caso! E, claro, não deixe de compartilhar essa lista com quem você julga que precisa desses locais ou toparia frequentá-los para conhecê-los.